Equilíbrio ou falta dele!?  

Equilíbrio ou falta dele - Yoga Coimbra com Marta e Hugo

Equilíbrio ou falta dele!? “O mais difícil para mim é o equilíbrio!” Esta é a expressão comumente transmitida pelos novos praticantes de Yoga. Na sessão seguinte, quando regressam comentam que em casa repetiram, as posições de equilíbrio, e que conseguiram permanecer mais tempo. Porquê? Grande parte das vezes é porque treinaram as posições com calçado, enquanto nas sessões de Yoga estão descalços.

Mas, faz diferença para o equilíbrio estarmos calçados ou descalços? SIIIMMM !!!

O equilíbrio também é influenciado por fatores externos, mas depende acima de tudo do funcionamento sincronizado de um conjunto de sistemas do nosso corpo, como uma orquestra. Mais concretamente, um minucioso controle realizado pelo sistema nervoso central (SNC) sobre os músculos e consequentemente sobre as articulações.

  • É diferente o equilíbrio da posição do corpo entre homens e mulheres, é diferente o equilíbrio quando ganhamos ou perdemos peso, é diferente o equilíbrio durante a gestação e muito mais poderíamos enumerar como variáveis que se relacionam com o processo de equilíbrio postural.

Por muito complexo que pareça manter a estabilidade de uma postura, no fundo resume-se em conseguir manter o centro de gravidade dentro da base de sustentação, isto é, alinhar os segmentos do corpo resistindo à ação da força da gravidade sem cair.

Sabia que, por exemplo, estruturas do ouvido influenciam o nosso equilíbrio? Muito interessante ainda é o facto de estudos indicarem que existe uma relação direta entre a falta de força dos músculos dos gémeos e solear e a falta de equilíbrio.

Agora, a boa notícia para todos é que, se estivermos saudáveis, a “sintonia fina” envolvida no processo de equilíbrio, quer estático quer dinâmico, pode ser desenvolvida através da repetição, culminando numa automatização em que se torna fácil e simples manter a postura em questão.

Passando à prática, o mais indicado é começar a trabalhar posições de equilíbrio bipodal e só mais tarde passar a exercícios unipodais.

Nos nossos programas de prática de Yoga damos uma atenção especial ao desenvolvimento do equilíbrio. Sabemos que não basta trabalhar apenas os propriocetores das articulações e músculos, é necessário manipular outras variáveis. Estamos à sua espera para praticar. De que é que está à espera para se juntar à nossa turma?

Até lá, deixamos aqui uma última sugestão, da próxima vez que fizer uma posição de equilíbrio procure estabilizar o olhar num ponto concreto.

Deixe-nos o seu comentário, é muito importante para nós.
Hugo Oliveira e Marta Silva

Blog/Site – https://yogacoimbra.com/
Facebook – https://www.facebook.com/YogaCoimbraStudio
Instagram – https://www.instagram.com/yogacoimbra/
PodCasts – https://yogacoimbra.podbean.com/
YouTube – https://www.youtube.com/channel/UCnbF-V-3QBmOK-wH4Qg5I2whttps://www.youtube.com/channel/UCnbF-V-3QBmOK-wH4Qg5I2w

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *