Se não for agora, quando?

Se não for agora, quando? - Marta e Hugo - www.YogcCoimbra.com

99% por cento das nossas ações diárias dizem respeito a hábitos ou automatismos, isto é, uma repetição frequente de certos atos que são aprendidos com o tempo. São os especialistas que o afirmam! O restante 1% equivale a tomadas de decisões propriamente ditas, que são as mais importantes, primeiramente, porque são tomadas em situações novas e geralmente relevantes; e, finalmente, porque ao serem facilitadas pela repetição convertem-se em hábitos.

A fase inicial, de integração de um novo hábito, na nossa vida, requer repetição temperada com uma boa dose de disciplina. O conceito de disciplina é vasto, mas neste contexto entenda-se como a competência que cada um de nós emprega em fazer algo regularmente, mesmo que num primeiro momento essa ação não apresente resultados imediatos, mas que se mostre benéfica a médio e longo prazo.

A partir do momento em que decidimos iniciar a prática do Yoga, com vista a termos alguns momentos em que cuidamos de nós, ao repetirmos esse ato por um período determinado, estamos no bom caminho para que o Yoga se torne um dos bons hábitos da nossa vida.

Deixamos aqui algumas dicas para disciplinar a regularidade na sua prática do Yoga:

  1. Estenda o tapete do Yoga num local onde possa assim permanecer, desta forma terá menos uma desculpa para adiar a prática;
  2. Defina um horário de prática, com flexibilidade de ajuste sempre que necessário, pois praticar num horário diferente é sempre melhor do que não praticar;
  3. Agregue o horário da prática a outra ação fixa do dia a dia;

P.e. praticar assim que acaba o horário de trabalho.

  1. Avise as pessoas do agregado familiar, ou do local de trabalho, que em x dias e a x horas tem o compromisso assumido para a sua prática do Yoga;
  2. Estabeleça metas sensatas a curto prazo, integradas num objetivo maior e relativamente “audaz” a longo prazo;

P.e. a curto prazo pretendo trabalhar a minha flexibilidade de forma a um dia poder fazer determinada posição do Yoga (importante referir que cada posição do Yoga tem várias fases, adequadas a todas os graus do desenvolvimento) ….

  1. Prefira começar a praticar uma ou duas vezes por semana e, mais tarde, aumentar gradualmente a frequência;
  2. Por fim, consulte informação teórica dos benefícios da prática regular do Yoga, pois cérebros esclarecidos mantém-se mais motivados.

Estamos à sua espera para praticar!
Marta Silva e Hugo Oliveira
www.YogaCoimbra.com

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *